QualisSUS-Redes e as proposições do Banco Mundial: problematizações críticas

Marina Monteiro de Castro e Castro

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar problematizações críticas acerca do QualiSUs-Redes - programa do Ministério da Saúde financiado pelo Banco Mundial. Através de uma pesquisa junto aos documentos que subsidiam o programa e às referências teóricas que tratam do mesmo, foi realizada uma apreciação das principais propostas do Programa. O estudo demonstrou que, apesar do QualiSUS-Redes ter em sua composição direcionamentos que buscam avanços na qualificação dos serviços públicos de saúde, é necessário problematizar o alinhamento aos ditames do Banco Mundial, em um  contexto de ataque às políticas públicas de saúde, para desmistificar os fundamentos políticos e econômicos dos programas governamentais.


Palavras-chave


Banco Mundial, Política de Saúde, Saúde Pública

Referências


Banco Mundial. Banco Internacional para reconstrução e desenvolvimento e corporação financeira internacional – Estratégia de parceria com o país para a República Federativa do Brasil – Período de 2008 a 2011. Relatório nº42677- BR. 2008.

GUSMÃO- FILHO, F. A; CARVALHO, E; ARAÚJO-FILHO, J. L. Avaliação do grau de implantação do Programa de Qualificação da Atenção Hospitalar de Urgência (Qualisus). Ciência e Saúde Coletiva. 2010; 15, supl 1: 1227-1238.

O’Dwyer G. O; Oliveira, S.O; De Seta M. H. Avaliação dos serviços hospitalares de emergência do programa QualiSUS. Revista Ciência e Saúde Coletiva. 2009;14:1881-1890.

Bittencourt R. J; Hortale V. A. A qualidade nos serviços de emergência de hospitais públicos e algumas considerações sobre a conjuntura recente no município do Rio de Janeiro. Revista Ciência e Saúde Coletiva. 2007;12: 929-934.

Brasil. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das Doenças Crônicas Não transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/plano_acoes_enfrent_dcnt_2011.pdf. Acesso em 17 de dezembro de 2014.

CONASS. QualiSUS-Rede. Projeto P0088716. Nota Técnica 47/2013. Brasília, 19 de abril de 2013.

World Bank. Project appraisal document on a proposed loan in the amount of US$235.0 million to the federative republic of brazil for a health network formation and quality improvement project (QUALISUS-REDE). Report nº42359-BR. 2008 . Disponível em: http://documents.worldbank.org/curated/en/2008/12/10152116/brazil-first-phase-adaptable-program-loan-health-network-formation-quality-improvement-project-brazil-first-phase-adaptable-pr. Acesso em 03 de fevereiro de 2014.

Banco Mundial. Projeto information document (PID) – apprasisal stage. 2008. Report Nº. AB3637. Disponível em: http://documents.worldbank.org/curated/en/2008/04/9362338/brazil-health-network-formation-quality-improvement-project. Acesso em 03 de fevereiro de 2014.

Soares R. C. A contrarreforma na política de saúde e o SUS hoje: impactos e demandas ao Serviço Social. Tese [Doutorado em Serviço Social]. Recife, CCSA, Serviço Social, 2010.

Brasil. Brasil 2003-2010. Brasília, 2010a. Disponível em: http://www.balancodegoverno.presidencia.gov.br/sintese-politica/sintese-politica-versao-impressa. Acesso em: 09 de janeiro de 2012.

Bravo M. I; Menezes, J. S. B. A saúde nos governos Lula e Dilma: algumas reflexões. Bravo M. I; Menezes J. S. B (orgs) Saúde na atualidade: por um sistema único de saúde estatal, universal, gratuito e de qualidade. Rio de Janeiro: UERJ, Rede Sirius, Adufrj, 2011,15-28.

Pereira J. M. M. O Banco Mundial como ator político, intelectual e financeiro – 1944-2008. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

Soares R. Contrarreforma na política de saúde e prática profissional do Serviço Social nos anos 2000. MOTA, A. E (org). As ideologias da contrarreforma e o Serviço Social. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2010b, p.337-382.

Donnangelo M. C. F. Medicina e Sociedade (o médico e seu mercado de trabalho). São Paulo: Livraria Pioneira editora, 1975.

Brasil. Manual operacional do Projeto de investimento para a qualificação do Sistema Único de Saúde. Brasília, 2009.

Gusmão-Filho F. A. R. Análise de implantação da Política de Qualificação da Atenção à Saúde do Sistema Único de Saúde – Política QUALISUS – em três hospitais do município de Recife. Tese [Doutorado Saúde Pública]. FIOCRUZ, Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, 2008.

World Bank. Loan Agreement for Loan number 7632-BR conformed. 2009. Disponível em: http://documents.worldbank.org/curated/en/2009/12/11710424/loan-agreement-loan-7632-br-conformed. Acesso em 03 de fevereiro de 2014.

Olivar M; Vidal D. O trabalho dos assistentes sociais nos hospitais de emergência: notas para o debate. Revista Serviço Social e Sociedade. 2007; 92: 139-158.

Soares R. A racionalidade da contrarreforma na política de saúde e o Serviço Social. BRAVO, M.I; MENEZES, J. S. B. Saúde, Serviço Social, movimentos sociais e conselhos. São Paulo: Cortez, 2012, 85-108.




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v4i2.1129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.