Diagnóstico de enfermagem comunicação verbal prejudicada na prática clínica: uma revisão integrativa

Ana Cláudia Giesbrecht Puggina, Monica Martins Trovo, Chaiane Amorim Biondo, Ingrid de Almeida Barbosa, Mariana Santos, Maria Júlia Paes da Silva

Resumo


Este estudo tem como objetivo identificar na literatura o uso na prática clínica do diagnóstico de enfermagemComunicação Verbal Prejudicada em adultos e idosos. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura nasbases de dados LILACS, BDENF, Coleciona SUS, CINAHL, EMBASE e MEDLINE, no ano de 2015. Foramanalisados 20 estudos, dos quais 12 (60%) relataram alta prevalência (75-100%) do diagnóstico em distintoscontextos clínicos, geralmente associado ao impedimento verbal por barreiras físicas, tais como:intubação/traqueostomia e alterações neurológicas. O diagnóstico Comunicação Verbal Prejudicada tem sidoutilizado na prática clínica de maneira superficial, considerando principalmente aspectos físicos, de fácilidentificação, sem avaliação mais precisa e detalhada do prejuízo na comunicação. Aspectos emocionais esociais não foram considerados pela maioria dos estudos.

Descritores: Diagnóstico de Enfermagem; Comunicação; Enfermagem.


Referências





DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v4i2.1644

Apontamentos

  • Não há apontamentos.