Análise em grupo com pacientes psicóticos: a experiência do “grupo vida”

Autores

  • Araceli Albino Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas (NPP)
  • Maria Teresa Mendonça de Barros Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas (NPP)
  • Silvia Herszkowicz
  • Monica Abete

DOI:

https://doi.org/10.18554/refacs.v8i1.4484

Palavras-chave:

Psicanálise, Transtornos psicóticos, Práticas de grupo, Estrutura de grupo.

Resumo

O objetivo do presente trabalho é relatar a experiência da constituição de um grupo analítico, desenvolvido com sujeitos que possuem estrutura psíquica psicótica, o “Grupo Vida”. O grupo tem como proposta a melhoria da qualidade de vida e o estabelecimento de laços sociais. Existente desde 2001, com encontros semanais desde então, essa experiência viabilizou o desenvolvimento de uma nova direção de tratamento que consta da intercalação de analistas e pacientes, três analistas reproduzindo um núcleo familiar, a constituição da transferência ativa e a aplicação de técnicas criativas e projetivas. Esta direção de tratamento apresentou resultados significativos possibilitando a diminuição das internações psiquiátricas e dos excessos de medicação, deixando-os em realidade e, aumentando o nível de simbolização e promovendo reintegração social.

Biografia do Autor

Araceli Albino, Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas (NPP)

Psicóloga. Psicanalista. Doutora em Psicologia. Coordenadora Técnica e Professora do Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas (NPP), São Paulo, SP, Brasil

Maria Teresa Mendonça de Barros, Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas (NPP)

Bacharel em Letras. Psicanalista. Especialista em Comunicação. Especialista em Psicanálise. Mestranda em Ensino de Ciências da Saúde pelo Centro do Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde da Universidade Federal de São Paulo, Professora do NPP, São Paulo, SP, Brasil

Silvia Herszkowicz

Administradora de Empresas. Psicanalista, Especialista em Psicanálise

Monica Abete

Bacharel em Artes Plásticas. Especialista em Comunicação Visual. Especialista em Psicopedagogia e Arteterapia. Psicanalista, Especialista Psicanálise

Referências

Bion WR. Experiências com grupos. São Paulo: Imago; 1975. 185p.

Freud S. Totem e tabu. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 13, 277p. [Obra original publicada em 1913].

Freud S. Psicologia das massas. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 18, 317p. [Obra original publicada em 1921].

Freud S. Futuro de uma ilusão. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 21, 157p. [Obra original publicada em 1927].

Freud S. Mal-estar da civilização. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 21, 157p. [Obra original publicada em 1930].

Kaës R. Analyse intertransférentielle, fonction alpha et groupe conteneur. L’Évolution psychiatrique. 1976; 41(2):339-47.

Wolf A, Schwartz FK. Psicanálise em grupos. Nova York: Grüne and Straton; 1962. 410p.

Zimerman DE. Fundamentos psicanalíticos: teoria, técnica e clínica, uma abordagem didática. Porto Alegre: Artmed; 1999. 473p.

Freud S. As neuropsicoses de defesa. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 3, 348p. [Obra original publicada em 1894].

Freud S. Estudos sobre a histeria (1893-1895). In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 2, 350p.

Freud S. Interpretação dos Sonhos. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 4, 363p. (Obra original publicada em 1900).

Freud S. Ego e ID. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 19, 170p. [Obra original publicada em 1923].

Freud S. Notas psicanalíticas sobre um relato autobiográfico de paranóia. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 12, 406p. [Obra original publicada em 1911].

Freud S. Rascunho H. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 3, 348p. [Obra original publicada em 1895].

Freud S. Rascunho K. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 3, 348p. [Obra original publicada em 1896].

Freud S. Introdução ao narcisismo. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 13, 277p. [Obra original publicada em 1914].

Freud S. História de uma Neurose Infantil. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 17, 129p. [Obra original publicada em 1918].

Zimerman DE. Vocabulário contemporâneo de psicanálise. Reedição. Porto Alegre: Artmed; 2009. 459p.

Freud S. A perda da realidade na neurose e na psicose. In: Obras Completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira. Rio de Janeiro: Imago; 1980. v. 19, 170p. [Obra original publicada em 1924].

Lacan J. Da psicose paranoica em suas relações com a personalidade. Rio de Janeiro: Forense Universitária; 1987. 442p. [Obra original publicada em 1932].

Lacan J. O seminário 3: as psicoses, 1955-1956. 2ed. Rio de Janeiro: Zahar; 2008. 380p.

Lacan J. Seminario 22. RSI, inédito. [S.n.t]; 1974. 77p.

Roudinesco E, Plon M. Dicionário de psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar; 1998. 888p.

Albino A. Encontros e desencontros na clínica da psicose: uma reflexão psicanalítica. São Paulo: Instituto Langage; 2015. 127p.

Publicado

2020-03-01

Edição

Seção

Relato de Experiência