PERCEPÇÕES DAS PESSOAS QUE VIVEM COM HIV/AIDS SOBRE O CUIDADO OFERECIDO NA ATENÇÃO BÁSICA

Fernanda Esmério Pimentel, Claudiomiro da Silva Alonso, Beatriz Francisco Farah, Girlene Alves da Silva

Resumo


 

Objetivo: conhecer a percepção de pessoas que vivem com HIV/Aids sobre o cuidado oferecido a elas na atenção básica. Método: estudo descritivo e exploratório de abordagem qualitativa, desenvolvido no Serviço de Atenção Especializada em HIV/Aids, de um município da zona da mata mineira, com 16 participantes. Utilizou-se entrevista semiestruturada, com gravação de áudios que foram analisados pelos pressupostos da análise de conteúdo de Laurence Bardin. Resultados e Discussões: emergiram três categorias: centralização do cuidado em HIV/Aids no SAE; medo de ruptura do sigilo do diagnóstico; Atenção Básica na cena do cuidado para as pessoas que vivem com HIV/Aids. Os participantes acessam a atenção básica em busca de cuidados não específicos ao HIV/Aids, não reconhecendo suas potencialidades no diagnóstico e acompanhamento. Conclusões: oferecer informações sobre a rede de atenção à saúde e suas potencialidades é uma ação que contribui para fortalecer a AB como coordenadora da rede de cuidado em saúde.


Texto completo:

PDF PDF ENGLISH

Referências


Abreu DMX, Araújo LHL, Reis CMR, Lima AMLD, Santos AF, Jorge AO, et al. Percepção dos usuários sobre o cuidado prestado por equipes participantes do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica no Brasil. Rev Epidemiol Serv Saúde [Internet]. 2018 [citado em 18 jun 2020]; 27(3):e2017111. doi:/10.5123/S1679-49742018000300002

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico HIV/Aids [Internet]. dez 2019 [citado em 18 jun 2020]; (N Esp):1-70. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2019/boletim-epidemiologico-de-hivaids-2019

Colaço AD, Meirelles BHS, Heidemann ITSB, Villarinho MV. O cuidado à pessoa que vive com HIV/Aids na Atenção Primária à Saúde. Texto & Contexto Enferm. [Internet]. 2019 [citado em 18 jun 2020]; 28:e20170339. doi:/10.1590/1980-265x-TCE-2017-0339

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância em Saúde. Cuidado integral às pessoas que vivem com HIV pela Atenção Básica: manual para a equipe multiprofissional [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2017 [citado em 18 jun 2020]. Disponível em:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cuidado_integral_hiv_manual_multiprofissional.pdf

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância em Saúde. Cinco passos para o Manejo do HIV na atenção básica [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2017 [citado em 20 jun 2020]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2014/5-passos-para-implementacao-do-manejo-da-infeccao-pelo-hiv-na-atencao-basica

Palácio MB, Figueiredo MAC, Souza LB. O cuidado em HIV/AIDS e a atenção primária em saúde: possibilidades de integração da assistência. Psico [Internet]. 2012 [citado em 20 jun 2020]; 43(3):360-67. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/9816/8237

Carvalho VKA, Godoi DF, Perini FB, Vidor AC. Cuidado compartilhado de pessoas vivendo com HIV/AIDS na Atenção Primária: resultados da descentralização em Florianópolis. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 2020 [citado em 20 jun 2020]; 15(42):2066. doi:/ 10.5712/rbmfc15(42)2066

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Agenda de prioridades de Pesquisa do Ministério da Saúde [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2018. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/agenda_prioridades_pesquisa_ms.pdf

Nobre FC, Corrêa DA, Neponuceno LH, Nobre LHN, Sousa AJ, Siqueira Filho V. A amostragem na pesquisa de natureza científica em um campo multiparadigmático: peculiaridades do método qualitativo. Rev Espacios [Internet]. 2017 [citado em 24 jun 2020]; 38(2):1-11. Disponível em: https://www.revistaespacios.com/a17v38n22/a17v38n21p13.pdf

Nascimento LCN, Souza TV, Oliveira ICS, Moraes JRMM, Aguair RCB, Silva LF. Saturação teórica em pesquisa qualitativa: relato de experiência na entrevista com escolares. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2018 [citado em 24 jun 2020]; 71(1):243-8. doi:/ 10.1590/0034-7167-2016-0616

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2016. 141p.

Conselho Nacional de Saúde (Brasil). Resolução 466, de 12 de dezembro de 2012. Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisas envolvendo seres humanos [Internet]. Brasília, DF: CONEP; 2012 [citado em 25 jun 2020]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância em Saúde. Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para manejo da infecção pelo HIV em Adulto [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2018 [citado em 26 jun 2020]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2013/protocolo-clinico-e-diretrizes-terapeuticas-para-manejo-da-infeccao-pelo-hiv-em-adultos

Medeiros LB, Trigueiro DRSG, Silva DM, Nascimento JA, Monroe AA, Nogueira JA, et al. Integração entre serviços de saúde no cuidado às pessoas vivendo com aids: uma abordagem utilizando árvore de decisão. Ciênc Saúde Colet. [Internet]. 2016 [citado em 25 jun 2020]; 21(2):543–52. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232015212.06102015

Prefeitura Municipal de Juiz de Fora, Secretaria Municipal de Saúde, Subsecretaria de Atenção Primária em Saúde. Catálogo de normas: atenção primária à saúde Juiz de Fora. Juiz de Fora, MG: Secretaria Municipal de Saúde; 2016.

Primeira MR, Santos WM, Paula CC, Padoin SMM. Qualidade de vida, adesão e indicadores clínicos em pessoas vivendo com HIV. Acta Paul Enferm [Internet]. 2020 [citado em 26 jun 2020]; 33:eAPE20190141. http://dx.doi.org/10.37689/acta-ape/2020ao0141

Melo EA, Maksud I, Agostini R. Cuidado, HIV/Aids e atenção primária no Brasil: desafio para a atenção no sistema único de saúde? Rev Panam Salud Publica [Internet]. 2018 [citado em 24 jun 2020]; 42:e151. doi:/10.26633/rpsp.2018.151

Garbin CAS, Sandre AS, Rovida TAS, Pacheco KTS, Filho ACP, Garbin AJI. O cuidado para pessoas com HIV/Aids sob a ótica de agentes comunitários de saúde. Trab Educ Saúde [Internet]. 2019 [citado em 26 jun 2020]; 17:e0018508. doi:/10.1590/1981-7746-sol00185

Guilherme JA, Yamaguchi MU, Massuda EM. Satisfação dos portadores de HIV/AIDS com o serviço de assistência especializada. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 2019 [citado em 25 jun 2020]; 23:e-1213. doi:/10.5935/1415-2762.20190061

Kleinubing RE, Padoin SMM, Langendorf TF, Paula CC. Acesso aos serviços de saúde de mulheres com HIV: pesquisa participante. Atas CIAIQ. [Internet]. 2018 [citado em 27 jun 2020]; 2:34-43. Disponível em: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2018/article/view/1762/1715




DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v9i2.3961

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/