Sobre a Revista

Foco e Escopo

 
         A Revista de Enfermagem e Atenção à Saúde – REAS - Journal of Nursing and Health Care é um periódico eletrônico, de acesso aberto, sem taxas de submissão/publicação, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Atenção à Saúde (Nível Mestrado e Doutorado), com apoio do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). A REAS lançou seu primeiro número em dezembro de 2012, com periodicidade semestral e bilíngue (Português e Inglês), agora em fluxo contínuo, contando com dezenove edições já publicadas até o momento.
         Em cada edição publicou entre 10 a 14 artigos, sendo 70% de artigos originais. A plataforma da revista conta com o apoio institucional da Editora UFTM, através do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER). O escopo da REAS é divulgar prioritariamente resultados de investigações científicas além de estudos teóricos, revisões críticas da literatura e relatos de experiência da Enfermagem que possam nortear a atenção à saúde das populações na promoção da saúde, prevenção de doenças, recuperação e reabilitação biopsicossocial.
        Seu conselho editorial conta com profissionais de diversas localidades do país. No processo de avaliação, utiliza-se o sistema peer review,  garantindo o sigilo quanto à identidade dos autores e consultores. Dentro de suas metas, em médio prazo, constam: ampliar as bases de indexação, publicar em língua espanhola (3ª língua), uma vez que, a partir de janeiro de 2016 já passou a publicar seus artigos em língua inglesa; e ampliar o número de artigos publicados por edição, mantendo a proporção de 70% para artigos originais.  

        A revista utiliza o Digital Object Identifier (DOI®), e é afiliada à Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC).

        Deve ser utilizada a abreviatura Rev Enferm Atenção  saúde  em referências, notas de rodapé, bibliografias e notas bibliográficas.

        

Processo de Avaliação pelos Pares

Os manuscritos, submetidos à análise da REAS devem ser inéditos, não tendo sido apresentados ou publicados, na íntegra ou parcialmente, em outros periódicos. Devem ser redigidos em português, espanhol ou inglês, segundo as normas da REAS.

Utiliza-se o sistema de avaliação por pares (peer review), de forma sigilosa.

Os manuscritos apresentados para publicação são de total responsabilidade dos seus autores, devendo ser acompanhados do Formulário Individual de Declarações.

Quando se tratar de pesquisa envolvendo seres humanos ou animais, o autor deverá apresentar cópia do Parecer do Comitê de Ética em Pesquisa seguindo as normas do CONEP (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa) ou do CONCEA (Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal).

 A Reas conta com um quadro de avaliadores externos.

Periodicidade

A Revista Reas tem fluxo contínuo, publicação semestral (julho e dezembro).

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Conflitos de Interesse, Plágio e Ética

Com relação aos "conflitos de interesses", os autores devem declarar, por meio do sistema de submissão, a inexistência destes.

Entendem-se por "conflitos de interesses" as situações geradas pelo confronto entre os interesses públicos e privados, institucional e pessoal, influenciadas pelos interesses de uma das partes para a obtenção de vantagens, prejudicando as demais e comprometendo o interesse coletivo, em conduta antiética (incorreta e inapropriada) e imoral (concretiza em prejuízo).

Quanto às questões de "plágio", crime de violação dos direitos autorais, a REAS realiza, para todos os manuscritos aprovados, o procedimento de verificação de similaridade por meio de softwares, cujo relatório é analisado pelos editores.

Práticas que ferem a integridade científica como plágio e autoplágio serão levadas para avaliação do Conselho Editorial para decisão das penalidades que vão desde a solicitação para reescrever o manuscrito, a recusa do manuscrito, a suspensão de publicar no periódico, até mesmo a comunicação de plágio ao autor e sua respectiva instituição.

Os editores, ao detectarem alto índice de similaridade, dependendo da base de dados que identificaram, solicitarão ao(s) autor(es) para reescrever a parte e citar a fonte original.

Para extenso nível de similaridade os autores serão imediatamente comunicados, o manuscrito será recusado.

 

Práticas que ferem a integridade científica como plágio e autoplágio serão levadas para avaliação do Conselho Editorial para decisão das penalidades que vão desde a solicitação para reescrever o manuscrito, a recusa do manuscrito, a suspensão de publicar no periódico, até mesmo a comunicação de plágio ao autor e sua respectiva instituição.

Os editores, ao detectarem alto índice de similaridade, dependendo da base de dados que identificaram, solicitarão ao(s) autor(es) para reescrever a parte e citar a fonte original.

Para extenso nível de similaridade os autores serão imediatamente comunicados, o manuscrito será recusado e a instituição de afiliação do autor será notificada.

 

Creative Commons License

A REAS da Universidade Federal do Triângulo Mineiro está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexação da submissão

O sistema adota o Protocolo para Coleta de Metadados do Open Archives Initiative, que é um padrão emergente para proporcionar acesso com base na indexação a recursos eletrônicos de pesquisa em escala global. Os autores farão uso de um padrão similar para incluir os metadados da submissão. O Editor-Gerente da revista deverá escolher as categorias para indexação e apresentar aos autores exemplos relevantes para auxiliá-los na indexação, separando os termos com ponto-e-vírgula (Ex.: termo1; termo2). Os termos deverão ser apresentados como exemplos ao acessar a página, por meio das expressões "Ex." ou "Por exemplo,".

Política de Retratação

A Revista REAS assumiu o compromisso de garantir a integridade em todas as etapas do processo editorial, salvaguardando os seus envolvidos. Para tanto, responsabiliza-se por publicar correções, esclarecimentos, retratações, dentre outros que se façam necessários. Os artigos publicados poderão ser retratados no todo ou em parte.

Com o objetivo de garantir aos nossos autores e leitores uma política ética e coerente com os princípios da ciência aberta, o Periódico  utiliza o CrossMark.

"O Crossmark é uma iniciativa multi-editora da Crossref para fornecer uma maneira padrão para os leitores localizarem a versão atual de um conteúdo. Aplicando o logotipo da Crossmark, o Publishe Name está se comprometendo a manter o conteúdo que publica e alertar os leitores sobre as alterações se e quando elas ocorrerem. Clicar no logotipo do Crossmark lhe dirá o status atual de um documento e também poderá lhe dar informações adicionais de registro de publicação sobre o documento." (CROSSREF, 2020).

https://www.dropbox.com/s/766c44g2cpjq32e/Pol%C3%ADtica%20de%20Retrata%C3%A7%C3%A3o%20do%20Crossmark.pdf?dl=0



 

Histórico do periódico

A Revista de Enfermagem e Atenção à Saúde – REAS - Journal of Nursing and Health Care é um periódico eletrônico, de acesso aberto, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Atenção à Saúde (Nível Mestrado e Doutorado), com apoio do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). A REAS lançou seu primeiro número em dezembro de 2012, com periodicidade semestral e bilíngue (Português e Inglês), agora em fluxo contínuo, contando com dezenove edições já publicadas até o momento. Em cada edição publicou entre 10 a 14 artigos, sendo 70% de artigos originais. A plataforma da revista conta com o apoio institucional da Editora UFTM, através do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER). O escopo da REAS é divulgar prioritariamente resultados de investigações científicas além de estudos teóricos, revisões críticas da literatura e relatos de experiência da Enfermagem que possam nortear a atenção à saúde das populações na promoção da saúde, prevenção de doenças, recuperação e reabilitação biopsicossocial. Seu conselho editorial conta com profissionais de diversas localidades do país. No processo de avaliação, utiliza-se o sistema peer review, garantindo o sigilo quanto à identidade dos autores e consultores. Dentro de suas metas, em médio prazo, constam: ampliar as bases de indexação, publicar em língua espanhola (3ª língua), uma vez que, a partir de janeiro de 2016 já passou a publicar seus artigos em língua inglesa; e ampliar o número de artigos publicados por edição, mantendo a proporção de 70% para artigos originais.