LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL MANIFESTANDO SENTIDOS: ANÁLISE DA CAPA DA REVISTA CONEXÃO LITERATURA 2017

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18554/ri.v12i1.3339

Resumo

Neste artigo aborda-se o sincretismo, considerando como corpus a capa de 2017 da Revista Conexão Literatura, a qual é um canal digital mensal e gratuito destinada ao público do meio literário e que consegue acessar a internet. A referida análise tem por objetivo relacionar elementos semióticos presentes na capa com o conteúdo expresso no discurso que se encontra no interior da revista, tendo como figura central da capa a escritora Conceição Evaristo, a qual está no auge de sua carreira. Assim, nota-se, que a utilização do sincretismo presente na capa visa tentar atrair o público leitor a ler a entrevista. Dessa forma, torna-se imprescindível discorrer sobre os elementos presentes na capa que remetem ao que a autora defende dentro da revista. A pesquisa aqui desenvolvida é qualitativa e é possível perceber por meio das teorias estudadas, principalmente de Barros (2005), Discini (2005), Fiorin (2016), Gomes (2008), Teixeira (2014), Hall (1997) e de Greimas, A; Courtés, J. (2008), além da prática registrada, que há vários elementos constantes na entrevista da escritora conectados com o que aparece na capa, principalmente relacionados com a identidade da autora e sua trajetória, pelo uso das cores, das palavras e a apresentação do perfil da autora.

Biografia do Autor

MIGUEL RETTENMAIER DA SILVA, UPF-Passo Fundo-RS

Doutor em Teoria da Literatura pela PUCRS, com Pós-Doutorado pela Universidade de Santiago de Compostela, pesquisador da obra de Josué Guimarães, professor da UPF (Universidade de Passo Fundo-RS, atuando na Graduação, Mestrado e Doutorado.

MARGARETE MARIA SOARES BIN, UPF-Passo Fundo-RS

Doutoranda em Letras, Linha de Pesquisa Formação do Leitor pela UPF de Passo Fundo-Rs, Professora Universitária.

Downloads

Publicado

2020-06-02