Produção de membranas de polipropileno e carvão para adsorção de azul de metileno

Andressa Mariana Alves Neves, Rafaela Nadiele Silva, Kássia Graciele dos Santos, Rafaela Cristina Sanfelice

Resumo


Nos últimos anos, com o desenvolvimento da agroindústria, os resíduos gerados tornaram-se motivo de preocupação. Efluentes com corantes industriais podem contaminar águas, prejudicando a saúde humana e o meio ambiente. Assim, este trabalho propõe o aproveitamento do carvão do bagaço de cana para a produção de membranas com polipropileno, visando a adsorção de corantes de indústrias têxteis. Foram analisados equipamentos para definir-se qual possibilitava a criação de membranas com as características buscadas: Mufla, Analisador de umidade via infravermelho e Estufa. Além disso, parâmetros foram analisados: variações de tempo, temperatura e composição. Depois de obtidas, as membranas foram lavadas, características de visuais destas foram obtidas, análise microscópica. Analisou-se o comportamento das membranas na presença de uma solução de azul de metileno através de testes de adsorção. A partir dos testes realizados, observou-se que a Mufla foi o equipamento ideal para produzir as membranas, pois o polipropileno fundiu-se totalmente no forno e após retirado, solidificou-se, retendo o carvão na membrana. As características esperadas para as membranas foram: porosas, polipropileno fundido e carvão aderido. As condições de operação foram: 90% de polipropileno e 10% de carvão em sua composição e 13 minutos dentro da Mufla. Ainda, as membranas apresentavam distribuição dos componentes e poros de forma heterogênea através das análises microscópicas.

Palavras-chave


Adsorção de corantes; Bagaço de cana; Carvão vegetal; Membranas poliméricas.

Texto completo:

PDF

Referências


BHATNAGAR, A.; HOGLAND, W.; MARQUES, M.; SILLANPÄÄ, M. An overview of the modification methods of activated carbon for its water treatment applications. Chemical Engineering Journal, v. 219, p. 499–511, 2013.

BHATNAGAR, A.; SILLANPÄÄ, M. Utilization of agro-industrial and municipal waste materials as potential adsorbents for water treatment: A review. Chemical Engineering Journal, [S.l.], v. 157, p. 277-296, mar. 2010.

BHATTACHARYYA, K. G.; GUPTA, S. S. Pb(II) uptake by kaolinite and montmorillonite in aqueous medium: Influence of acid activation of the clays. Colloids and Surfaces A: Physicochemical and Engineering Aspects. 2006.

BORGES, C; HABERT, A; NOBREGA, R. Processo de separação por membranas. Rio de Janeiro: E-papers, p.9, 2006.

CLAUDINO, A. Preparação de carvão ativado a partir de turfa e sua utilização na remoção de poluentes. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2003

COSTA, R. C. C.; MOURA, F. C. C.; ARDISSON J. D.; FABRIS, J.D.; LAGO, R. M. Highly active heterogeneous Fenton-like systems based on Fe0/Fe3O4 composites prepared by controlled reduction of iron oxides. Applied Catalysis B: Environmental, v. 83, n. 1-2, p. 131–139, Sept. 2008

FREITAS, L; BUENO, S. Carvão ativo: Breve Histórico de sua eficiência na retenção de Fármacos. p. 2-3, 2013.

GHOSH, D.; BHATTACHARYYA, K. G. Adsorption of methylene blue on kaolinite. Applied Clay Science. 2002.

GIUSTO, L. Obtenção de carvão ativado a partir de fuligem de bagaço de cana-de-açúcar para aplicações ambientais. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) -Universidade Federal de Alfenas, Florianópolis. p. 83, 2015.

HOLLER, F. J.; SKOOG, D. A.; CROUCH, S. R. Princípios de Análise Instrumental. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

INDUPROPIL. O que é polipropileno?. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2018.

MCKAY, G. The removal of dye colours from aqueous solutions by adsorption on low-cost materials. Water, Air, & Soil Pollution. 1999.

PAULINO, A. T. Produção de adsorventes não-convencionais e aplicação na remediação de águas e efluentes industriais. 2008. 181. Tese (Doutorado em Ciências) Departamento de Química, Centro de Ciências Exatas da Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2008.

PEREIRA, E. I. “ Produção de carvão ativado a partir de diferentes precursores utilizando FeCl₃ como o agente ativante”. Dissertação (Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Lavras, MG. 2010.

RAFATULLAH, M.; SULAIMAN, o.; HASHIM, R.; AHMAD, A. Adsorption of methylene blue on low-cost adsorbents: A review. Journal of Hazardous Materials, v. 177, n. 13, p. 70-80, 2010.

RESO SOLUÇÕES AMBIENTAIS. Polipropileno : Embalando o Mundo com Eficiência e Praticidade. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2018.

ROYER, B. Remoção de corantes têxteis utilizando casca de semente de Araucária angustifolia como biosorvente. Tese (Mestrado em Química) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

SENTHILKUMAAR, S.; VARADARAJAN, P. R.; PORKODI, K.; SUBBHURAAM, C.V. Adsorption of methylene blue onto jute fiber carbon: kinetics and equilibrium studies. Journal of Colloid and Interface Science. 2005.

XING, Y., LIU, Z. Enhanced adsorption of methylene blue by EDTAD-modified sugarcane bagasse and photocatalytic regeneration of the adsorbent. Desalination, 2010.

YI, J.; ZHANG, L. Removal of methylene blue dye from aqueous solution by adsorption onto sodium humate/polyacrylamide/clay hybrid hydrogels. Bioresource technology, v. 99, n. 7, 2008.

ZEN, H.; GERALDES, A. N.; PARRA, D.; GERALDO, A. B. C.; ARAUJO, S. G.; LUGAO, A.; LINARDI, M. Caracterização de filmes de polipropileno modificados para uso como membrana trocadora de prótons. Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais. Foz do Iguaçu, PR. 2006.




DOI: https://doi.org/10.18554/rbcti.v4i1.3425

Apontamentos

  • Não há apontamentos.