A dança de salão como estratégia para o equilíbrio ocupacional e diminuição do estresse em universitários da área da saúde

Autores

Palavras-chave:

Dança, Terapia ocupacional, Estresse psicológico, Estresse ocupacional

Resumo

Objetivo: avaliar a eficácia da dança de salão como estratégia de intervenção terapêutica ocupacional para a diminuição do estresse e promoção do equilíbrio ocupacional de universitários de cursos da área de saúde. Método: pesquisa clínica, de caráter pré-experimental de caso único, quantitativo, realizado na Universidade do Estado do Pará, Campus II, através dos instrumentos: Instrumento abreviado de avaliação da qualidade de vida, Inventário de Sintomas de Stress para Adultos, e questionário de equilíbrio ocupacional. Resultados: participaram 18 estudantes, 10 do sexo feminino e 8 do sexo masculino, de quatro cursos de graduação da saúde (Medicina, Terapia Ocupacional, Biomedicina e Fisioterapia), com idades entre 19 e 29 anos. Verificou-se mudanças estatisticamente significativas nos níveis de estresse dos universitários após as intervenções, 94,4% apresentavam sintomas de estresse antes das intervenções, apenas 27,7% persistiram com algum. Além da melhora geral, aumentou-se a percepção da qualidade de vida e equilíbrio ocupacional. Conclusão: resultados apontam a eficácia da dança de salão como recurso terapêutico ocupacional voltado para o controle de estresse e o reestabelecimento do equilíbrio ocupacional em universitários. Destaca-se a necessidade de políticas institucionais voltadas para o cuidado à saúde dos estudantes universitários.

Biografia do Autor

Ingrid Ferreira de Sousa, Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Universidade do Estado do Pará (UEPA), Belém/PA

Referências

Braun KCR. Dificuldades e estratégias de adaptação acadêmica em universitários com Transtorno Déficit de Atenção/Hiperatividade na transição para a universidade. [dissertação]. Rio Grande do Sul, RS: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2017. 29 p. Disponível em: http://hdl.handle.net/10183/202568

Silva JPG, Abdanur LP. Eficácia da auriculoterapia no tratamento de estresse em estudantes de fisioterapia. [monografia]. Brasília, DF: Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília; 2017. 26p. Disponível em:

https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/11463

Souza DC. Condições emocionais de estudantes universitários: estresse, depressão, ansiedade, solidão e suporte social [dissertação]. Uberaba, MG: Universidade Federal do Triângulo Mineiro; 2017. 90p. Disponível em: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/507

Silva SMAF. Engajamento ocupacional de acadêmicos e sua percepção sobre o equilíbrio ocupacional [monografia]. João Pessoa, PB: Universidade Federal da Paraíba; 2015. 72 p. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1717

Galheigo SM, Angeli AAC. Terapia ocupacional e o cuidado integral a saúde de crianças e adolescentes: a construção do Projeto ACCALANTO. Rev Ter Ocup. [Internet]. 2008 [citado em 12 mar 2020]; 19(3):137-43. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v19i3p137-143

Marbá RF, Silva GS, Guimarães TB. Dança na promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida. Revista Científica do ITPAC. [Internet]. 2016 [citado em 12 mar 2020]; 9(1). Disponível em: https://assets.unitpac.com.br/arquivos/Revista/77/Artigo_3.pdf

Oliveira DV, Favero PF, Codonhato R, Moreira CR, Antunes MD, Nascimento Júnior JRA. Investigação dos fatores psicológicos e emocionais de idosos frequentadores de clubes de dança de salão. Rev Bras Geriatr Gerontol. [Internet].2017 [citado em 24 mar 2021]; 20(6):802-10. Disponível em:

https://www.scielo.br/j/rbgg/a/ybtjHG9Sqb9JM7thGLCdwrx/?format=pdf&lang=pt

Machado Z, Santos GR, Guimarães ACA, Fernandes S, Soares A. Qualidade de vida dos praticantes de dança de salão. Rev Bras Ativ Fís Saúde [Internet]. 2012 [citado em 13 mar 2020]; 17(1). Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/533/532

Fujii LCH, Zulian MA. A dança como estratégia de trabalho na terapia ocupacional. In: XII Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e VIII Encontro Latino Americano de Pós-Graduação [Internet]; 2008 [citado em 13 mar 2020]; São José dos Campos (SP): Universidade do Vale do Paraíba. 3p. Disponível em: http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2008/anais/arquivosINIC/INIC1210_01_O.pdf

Mondardo AH, Pedon EA. Estresse e desempenho acadêmico em estudantes universitários. Revista de Ciências Humanas [Internet]. 2005 [citado em 12 mar 2020]; 6(6):1-21. Disponível em: http://www.revistas.fw.uri.br/index.php/revistadech/article/view/262/480

Fonseca CC, Vecchi RL, Gama EL. A influência da dança de salão na percepção corporal. Motriz [Internet]. 2012 [citado em 11 mar 2020]. 18(1):200-7. Disponível em: https://www.scielo.br/j/motriz/a/kQjtDjstZ6nQtxsdzGVLVds/?lang=pt&format=pdf

Creswell JWW. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2ed. Porto Alegre: Bookman; 2010. 296p.

Lipp MN. Manual do Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL). São Paulo: Casa do Psicólogo; 2000. 76p.

Fleck MP, Leal OF, Louzada S, Xavier M, Chachamovich E, Vieira G, et al. Desenvolvimento da versão em português do instrumento de avaliação de qualidade de vida da OMS (WHOQOL-100). Rev Bras Psiquiatr. [Internet]. 1999 mar [citado em 13 mar 2022];21(1):19-28. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbp/a/MqwHNFWLFR467nSsPM7vdbv/?lang=pt

Assis CL, Silva APF, Lopes MS, Silva PCB, Santini TO. Sintomas de estresse em concluintes do curso de psicologia de uma faculdade privada do norte do País. Mudanças [Internet]. 2013 [citado em 12 mar 2020]; 21(1):23-8. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MUD/article/view/3668/3644

Milsted JD, Amorim C, Santos M. Nível de estresse em alunos de psicologia do período noturno. In: IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE e III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia [Internet]; 2009 out [citado em 24 mar 2021]; Curitiba, Brasil. Curitiba, PR: Pontifícia Universidade Católica do Paraná; 2009. p. 10648-10658. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2009/3289_1469.pdf

Castro VR. Reflexões sobre a saúde mental do estudante universitário: estudo empírico com estudantes de uma instituição pública de ensino superior. Revista Gestão em Foco [Internet]. 2017 [citado em 24 mar 2021]; 9: 380-401. Disponível em: https://portal.unisepe.com.br/unifia/wp-content/uploads/sites/10001/2018/06/043_saude_mental.pdf

Carvalho T, Gonzáles AI, Sties SW, Carvalho MD. Reabilitação cardiovascular, dança de salão e disfunção sexual. Arq Bras Cardiol. [Internet]. 2013 [citado em 12 mar 2020]; 101(6): e-107-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/abc/v101n6/v101n6a17.pdf

Barros MJ, Fernandes AO, Silva A, Filoni E. Avaliação da qualidade de vida de universitários da saúde. REBES [Internet]. 2017 [citado em 13 mar 2020]; 7(1):16-22. Disponível em:

https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/4235/4244

Associação Americana de Terapia Ocupacional. Estrutura da prática da terapia ocupacional: domínio & processo - 3ed. Rev Ter Ocup. [Internet]. 2015 [citado em 12 mar 2020]; 26(Ed Esp):1-49. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rto/article/view/97496/96423

Lantyer AS, Varanda CC, Souza FG, Padovani RC, Viana MB. Ansiedade e qualidade de vida entre estudantes universitários ingressantes: avaliação e intervenção. Rev Bras Ter Comport Cog. [Internet]. 2016 [citado em 11 mar 2020]; 8(2):4-19. Disponível em: https://rbtcc.webhostusp.sti.usp.br/index.php/RBTCC/article/view/880/476

Farencena EZP, Montelo Júnior D, Gross DGL, Rodrigues ESR. Dança de salão e sua contribuição para melhoria da saúde e qualidade de vida. Revista Amazônia Science & Health [Internet]. 2016 [citado em 13 mar 2020]; 4(1):10-6. Disponível em: http://ojs.unirg.edu.br/index.php/2/article/view/961/408

Fonseca AAR, Moreira, SEM, Moreira MGS. Percepção da qualidade de vida em idosos praticantes de dança de salão. In: VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano [Internet]. 2019 jun [citado em 24 mar 2022]; Campina Grande, Brasil. Campina Grande, PB: Centro Multidisciplinar de Estudos e Pesquisas, Universidade Estadual da Paraíba; 2010. p. 1-10. Disponível em: https://editorarealize.com.br/revistas/cieh/trabalhos/TRABALHO_EV125_MD1_SA4_ID3173_28052019000921.pdf

Ropke LM, Souza AG, Bertoz, APM, Adriazola MM, Ortolan, EVP, Martins RH, et al. Efeito da atividade física na qualidade do sono e qualidade de vida: revisão sistematizada. Arch Health Invest. [Internet]. 2017 [citado em 12 mar 2020]; 6(12):561-66. Disponível em: http://www.archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/2258/pdf

Publicado

2022-06-08

Edição

Seção

Artigos originais