PERCURSOS DA TRADUÇÃO: MARCIAL EM VERSOS HEPTASSÍLABOS

Autores

  • Milton Marques Júnior Universidade Federal da Paraíba.

DOI:

https://doi.org/10.18554/it.v14iEspecial.5744

Resumo

O objetivo deste trabalho – Percursos da tradução: Marcial em versos heptassílabos – é mostrar a tradução como um processo, que pode sempre ser revisitado, no qual não podemos deixar de lado o conhecimento do contexto e da estrutura do texto a ser traduzido, nem podemos deixar de reconhecer os limites que existem no caminho entre a língua de partida e a de chegada, que nos obrigam a fazer negociações para a escolha dos termos, conforme a visão de Umberto Eco, em Dire quasi la stessa cosa. Partiremos de um pequeno entrave tradutório, em Les Misérables, de Victor Hugo, como exemplo inicial, para abordarmos dois epigramas do poeta latino Marcial, que integram o Livro XIII dos epigramas, conhecido como Xenia. Comentaremos, inicialmente, uma particularidade da tradução do epigrama VI. Alica, e, em seguida, analisaremos o processo de tradução do epigrama XIII. Betae. o ponto culminante de nosso trabalho é a proposta de uma tradução desse epigrama em versos heptassílabos duplos, metro não canônico na língua portuguesa, mas que serve a traduzir bem o dístico elegíaco.

Biografia do Autor

Milton Marques Júnior, Universidade Federal da Paraíba.

ossui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1981), mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1990) e doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1995). Professor Titular da Universidade Federal da Paraíba, com experiência na área de Letras, em Literatura Brasileira, Portuguesa e Comparada. Atualmente, coordena o GREC - Grupo de Estudos Clássicos e Literários -, com produção na área das Literaturas Grega e Latina, e Literatura Comparada.  

Downloads

Publicado

2021-12-31

Como Citar

MARQUES JÚNIOR, M. PERCURSOS DA TRADUÇÃO: MARCIAL EM VERSOS HEPTASSÍLABOS. InterteXto, Uberaba, v. 14, n. Especial, p. 253–267, 2021. DOI: 10.18554/it.v14iEspecial.5744. Disponível em: https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/intertexto/article/view/5744. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS DOSSIÊ "Um panorama do estudo do latim no Brasil"