Chamada de artigos - Dossiê "O uno e o diverso nas tramas da educação popular"

Organizadores:
Prof. Dr. Tiago Zanquêta de Souza (PPGEB-Uniube)
Prof.ª Dr.ª Gercina Santana Novais (PPGEB-Uniube)

 

A educação popular nunca foi tão atual e necessária como parte do movimento de resistência à educação opressora, colonizadora e de destituição de direitos humanos e sociais historicamente conquistados. Nesse contexto, é fundamental recorrer às teorias e práticas do campo da educação popular para inspirar uma “resistência propositiva”, com a finalidade de denunciar a entrega para o mercado financeiro do patrimônio do povo: as escolas públicas e gratuitas, onde estudam a maioria dos(as) alunos(as) oriundos(as) das classes populares. Para além de denunciar, é fundamental anunciar processos formativos múltiplos de educação pública, gratuita, emancipatória, popular, democrática e humanizadora. Assim, o objetivo dessa publicação é permitir o registro e a análise de histórias de educação popular, disputando narrativas e proposições de educação que revelem propósitos transformadores da realidade vigente, opondo-se no campo teórico e prático aos fundamentos da educação desumanizadora e bancária. Para tanto, o conjunto de artigos que comporá a publicação será orientado por três eixos temáticos, articulados:

1. Reflexão sobre o conceito de educação popular e suas potencialidades;
2. Os aspectos teórico-metodológicos da educação popular e suas implicações em diferentes contextos escolares e não escolares;
3. Experiências em trabalhos, ações, pesquisas e projetos, acadêmicos ou comunitários, no campo da educação popular.

 

Cronograma de atividades:
30/10/2019 – Prazo final para recebimento de textos.
08/03/2020 – Emissão de pareceres.
10/06/2020 – Envio da versão final dos textos.
Julho de 2020 – Publicação do dossiê.

 

As contribuições devem ser encaminhadas pelo e-mail da revista (cadernoscimeac@gmail.com) e pelo sistema SEER. No envio por e-mail, o(a) autor(a) deve informar que se trata de uma contribuição ao dossiê "O uno e o diverso nas tramas da educação popular". Ao submeter o texto pelo sistema, o(a) autor(a) deve selecionar, na indicação da seção de publicação (logo no primeiro passo da submissão), a aba "Artigos do dossiê". Todos os textos devem seguir as regras publicadas nas diretrizes para autores.