A trajetória da Educafro no acesso ao ensino superior e sua luta pela igualdade racial através de curso pré-vestibular popular

William Alves Teixeira

Resumo


Em nosso texto trataremos da importância de uma instituição não governamental (Educafro) e sua relevância para uma parcela da sociedade civil. A fim de definir estes aspectos, abordaremos dados vividos e coletados em vários eventos e ações promovidos pela instituição em destaque, enfatizando o seu diferencial educacional e sua base na ação e na promoção da cidadania. Para os sociólogos Monica Pereira dos Santos e Marcos Moreira Paulino (2006), cidadania é caracterizada, fundamentalmente, como participação na democracia (com o poder nas mãos do povo e não nas mãos de uma minoria privilegiada): apartir deste enfoque, a Educafro abrange o tema de forma categórica, além de promover na prática a atuação de todos os alunos perante as discussões atuais da política nacional. Com abrangência nacional, a Educafro (sediada em São Paulo) possui vários núcleos espalhados pela grande São Paulo e pelo estado de Minas Gerais (especialmente entre o Triângulo Mineiro e o Vale do Rio Doce).

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/cimeac.v3i1.1449

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


   

International Standard Serial Number (International Centre)

Licença Creative Commons A revista eletrônica Cadernos CIMEAC (ISSN 2178-9770) está licenciada com uma licença Creative Commons.

Creative Commons License Electronic journal Cadernos CIMEAC (ISSN 2178-9770) is licensed under a Creative Commons License.

Google Scholar Citations