O PROCESSO DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO BÁSICA EM UM MUNICÍPIO DE ALAGOAS, BRASIL

Aline Santos Costa, Renise Bastos Farias Dias, José César de Oliveira Cerqueira, Rita de Cássia Batista de Oliveira Peixoto

Resumo


Objetivo: analisar a aplicação do Processo de Enfermagem por enfermeiros que atuam na atenção básica de um município do agreste alagoano. Método: Trata-se de um estudo descritivo de abordagem qualitativa, com base na Análise de Conteúdo de Bardin. Foram entrevistados 14 enfermeiros e os dados qualitativos foram agrupados pela tendência de conteúdos, dos quais se originaram três macros categorias. Resultado: O estudo evidenciou que não há uma efetivação do Processo de Enfermagem no cuidado realizado pelos enfermeiros da atenção primária à saúde do município em questão. Conclusão: Os resultados desse estudo mostram que os enfermeiros que atuam na atenção básica possuem dificuldades para aplicar o método científico em sua prática clínica, desenvolvendo o Processo de Enfermagem de forma parcial, e consequentemente pautados em um processo de trabalho assistematizado do cuidado individual e coletivo na atenção básica.

Texto completo:

PDF PDF ENGLISH

Referências


Camponogara S. Saúde e meio ambiente na contemporaneidade: o necessário resgate do legado de Florence Nightingale. Esc. Anna Nery [Internet]. 2012 Mar [acesso em 21 jun 2017]; 16( 1 ): 178-184. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452012000100024

Lucena ICD de, Barreira I de A. Revista enfermagem em novas dimensões: Wanda Horta e sua contribuição para a construção de um novo saber da enfermagem (1975-1979). Texto contexto - enferm. [Internet]. 2011 [acesso em 21 jun 2017]; 20( 3 ): 534-540. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072011000300015.

Garcia TR, Nóbrega MML. Processo de Enfermagem: da teoria à prática assistencial e de pesquisa. Rev.Esc Anna Nery Rev Enferm. 2009 [acesso em 21 jun 2017]; 13 (1): 188-193. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=127715321025.

. Silva CMC da, Teixeira ER. Exame físico e sua integralização ao processo de enfermagem na perspectiva da complexidade. Esc. Anna Nery [Internet]. 2011 [acesso em 21 jun 2017]; 15( 4 ): 723-729. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452011000400010

. Silva EGC, Oliveira VC de, Neves GBC, Guimarães TMR. O conhecimento do enfermeiro sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem: da teoria à prática. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2011 [acesso em 21 jun 2017]; 45( 6 ): 1380-1386. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342011000600015.

. Cofen - Conselho Federal de Enfermagem. Resolução n° 358/2009 - Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. Rio de Janeiro. 2009. [acesso em 21 jun 2017]. Disponível em http://www.portalcofen.com.br.

. Santos JFE, Santos RM, Almeida LMWS, Costa LMC. O espaço do Processo de Enfermagem na prática profissional: um exercício de reflexão. História da Enfermagem (Here) revista eletrônica. 2012 [acesso em 21 jun 2017]; 3(2): 172-189. Disponível em http://www.here.abennacional.org.br/here/vol3num2artigo6.pdf.

. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. 110 p.: il. – (Série E. Legislação em Saúde) Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2012.

. Antunes MJM e Guedes MVC. Integralidade nos processos assistenciais na atenção básica. In: Garcia TR, Egry EY et al. Integralidade da Atenção no SUS e Sistematização da Assistência de Enfermagem. Porto Alegre: Artmed; 2010. P.19-27.

. Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa (Po): Editora Edição 70; 2000.

. Andrade LDF de, Simões ACM, Henriques AHB, Sousa ATO de, Pinto MB. Desempenho do enfermeiro em suas atividades laborais na atenção primária à saúde. Rev Enferm Atenção Saúde [Internet]. 2016 [aceso em 21 jun 2017]; 5(1):51-63. http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/enfer/article/view/1749.

. Bueno FMG, Queiroz M de S. O enfermeiro e a construção da autonomia profissional no processo de cuidar. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2006 [acesso em 21 jun 2017]; 59( 2 ): 222-227. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672006000200019.

. Leadebal ODCP, Fontes WD de, Silva CC da. Ensino do processo de enfermagem: planejamento e inserção em matrizes curriculares. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2010 [acesso em 21 jun 2017]; 44( 1 ): 190-198. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342010000100027.

. Barbosa SF, Melleiro MM, Sportello EF, Tronchin DMR, Mira VL. Qualidade dos registros de enfermagem: análise dos prontuários de usuários do Programa de Assistência Domiciliária de um hospital universitário. O mundo da saúde. 2011 [acesso em 21 jun 2017]; 35(4): 395-400. Disponível em http://www.saocamilo-sp.br/pdf/mundo_saude/88/04_QualidadedosregistrosdeEnfermagem.pdf.

. Tessmann M, Romagna I, Ceretta LB, Santos RM, Zanini MT, Correia SM. Autonomia Profissional: um estudo de caso comparativo entre a percepção de um enfermeiro da rede pública versus rede hospitalar. Trabalho & Educação. 2011 [acesso em 21 jun 2017]; 20(2): 11-18. Disponível em http://www.portal.fae.ufmg.br/seer/index.php/trabedu/article/view/600.

. Barros ALBL, Lopes JL. A legislação e a sistematização da assistência de Enfermagem. Enfermagem em Foco. 2010 [acesso em 21 jun 2017]; 1(2): 63-65. Disponível em http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/17/18.

. Alfaro-Lefreve R. Aplicação de Processo de Enfermagem: Uma ferramenta para o pensamento crítico. 7.Ed. Porto Alegre: ArtMed, 2010.

. Cubas MR, Silva SH, Rosso M. Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®): uma revisão de literatura. Rev.Eletr.Enf.[internet]. 2010 [acesso em 30 set 2013]; 12(1):186-94. Disponível em http://www.fen.ufg.br/revista/v12/n1/v12n1a23.html

. Souza MFG, Santos ADB, Monteiro AI. O processo de enfermagem na concepção de profissionais de enfermagem de um hospital de ensino. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2013 [acesso em 21 jun 2017]; 66(2): 167-73. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/reben/v66n2/03.pdf.

. Braga LM, Torres LM, Ferreira VM. Condições de trabalho e fazer em enfermagem. REV.Enf-UFJF. 2015[acesso em 16 jun 2017]; 1 (1): 55-63. Disponível em http://www.ufjf.br/revistadeenfermagem/files/2015/05/10-Revista-de-Enfermagem-C07.pdf.




DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v7i1.2201

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/