EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO ESTRATÉGIA DE QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS GESTANTES NO INTERIOR DO CEARÁ

Maria Girlane Sousa Albuquerque Brandão, Sibele Pontes Rocha, Ana Suelen Pedroza Cavalcante, Maria Amélia Carneiro Bezerra, Maristela Inês Osawa Vasconcelos

Resumo


Objetivo: relatar a experiência de ações de educação em saúde, utilizando o Círculo de Cultura de Paulo Freire com um grupo de gestantes. Método: trata-se de um relato de experiência desenvolvido com um grupo de gestantes em um em um Centro de Saúde da Família do município de Sobral, Ceará. Resultados: foram desenvolvidos dez encontros de intervenção observando as necessidades das gestantes, tais como: autoestima, paternagem, direitos trabalhistas, sexualidade, exercícios físicos e outros. As ações de intervenção contaram com o apoio da enfermeira da unidade de saúde, bem como da equipe de residentes do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família. Considerações Finais: A vivência relatada propiciou uma troca de saberes entre acadêmica, equipe de saúde da família e gestantes, agregando melhorias ao processo de educação em saúde, baseado na construção compartilhada de conhecimentos, ampliando o espaço universitário e exercitando o compromisso social da Universidade.


Texto completo:

PDF PDF ENGLISH

Referências


Nunes JT, Gomes KRO, Rodrigues MTP, Mascarenhas MDM. Qualidade da assistência pré-natal no Brasil: revisão de artigos publicados de 2005 a 2015. Cad. Saúde Colet., 2016, Rio de Janeiro, 24 (2): 252-261.

Barreto CN, Ressel LB, Santos CC, Wilhelm LA, Silva SC, Alves CN. Atenção pré-natal na voz das gestantes. Rev enferm UFPE on line., Recife, 7(5):4354-63, jun., 2013.

Souza VB, Roecker S, Marcon SS. Ações educativas durante a assistência pré-natal: percepção de gestantes atendidas na rede básica de Maringá-PR. Rev. Eletr. Enf. 2011. abr/jun;13(2):199-210.

Beserra EP. Pedagogia freireana como método de prevenção de doenças. Ciência & Saúde Coletiva, v. 16 ( Supl. 1), p. 1563-1570, 2011.

Simões ALA, Bittar DB, Mattos EF, Sakai LA. A humanização do atendimento no contexto atual de saúde: uma reflexão. Reme: Rev. Min. Enferm. 2007;11(1):81-5.

Fabbro MRC, Lima MP. A experiência paterna de pais de “primeira viagem” no cuidado do bebê nos primeiros três meses de vida. Atas CIAIQ2017. Investigação Qualitativa em Saúde. Volume 2. 166-175. 2017.

Carvalho VF, Kerber NPC, Azambuja EP, Bueno FF, Barros AM. Direitos das parturientes: conhecimento da adolescente e acompanhante. Saúde Soc. São Paulo, v.23, n.2, p.572-581, 2014.

Afonso ALM. Nível de consciência dos benefícios do exercício físico na gestação. [Trabalho de Conclusão de Curso]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2017. 32f.

Souto DC, Brandolt CR, Kruel CS, Tavares SO, Bitelbron ER. A expressão da sexualidade no período gestacional. In: 5º Interfaces no fazer psicológico, 2012. Psicologia UNIFRA. Santa Maria.




DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v9i1.2493

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/