ASPECTOS DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA A PESSOA COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

Maria Naiane Rolim Nascimento, Natália Rodrigues Vieira, Cosmo Alexandro da Silva Aguiar, Maria Eugênia Alves Almeida Coelho, Nuno Damácio de Carvalho Félix, Célida Juliana de Oliveira

Resumo


Objetivo: Identificar os aspectos da assistência de enfermagem a pessoas com insuficiência cardíaca crônica em um hospital de especialidade cardiológica. Método: Estudo retrospectivo de análise documental, em instituição hospitalar cardiológica, com 39 prontuários de pessoas internadas com insuficiência cardíaca entre 2010 e 2015, sendo coletados dados sociodemográficos e clínico-epidemiológicos e os elementos da assistência de enfermagem, analisados com base na frequência absoluta e relativa. Resultados: Evidenciou-se a prevalência dos diagnósticos de enfermagem Risco de infecção e Padrão respiratório ineficaz e intervenções como Avaliar perfusão periférica, Posicionar em Fowler, Inspecionar pele e Fazer mudança de decúbito. Nos resultados verificou-se que apenas 10 prontuários conseguiram atingir 50% ou mais destes. Conclusão: Foi possível identificar os diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem, baseados nos riscos de hospitalização e prevenção secundária cardiovascular, além da prevenção de problemas potenciais como infecções e lesões e conservação de órgãos alvo.


Texto completo:

PDF PDF ENGLISH

Referências


Alvim ALS. Manejo do paciente com insuficiência cardíaca em uma unidade de pronto atendimento: relato de experiência. Rev enferm UFPE on line. [Internet]. 2014 [citado em 15 mar 2019]; 8(4):1085-8. doi: 10.5205/reuol.5829-50065-1-ED-1.0804201438

Galvão PCC, Gomes ET, Figueirêdo TR, Bezerra SMMS. Diagnósticos de enfermagem aplicados a pacientes com insuficiência cardíaca descompensada. Cogitare Enferm. 2016 [Internet]. [citado em 22 jul 2019]; 21(2): 01-08. doi: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i2.44646

Campelo RC, Silva WC, Batista, NJC. Atuação do enfermeiro nas orientações para a prevenção de fatores agravantes na insuficiência cardíaca congestiva: revisão integrativa. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research. [Internet]. 2018 [citado em 15 mar 2019]; 24(2):176-180. Disponível em: https://www.mastereditora.com.br/periodico/20181006_151416.pdf

Gonçalves FG, Albuquerque DC. Educação em saúde de pacientes portadores de insuficiência cardíaca. Rev enferm UERJ, [Internet]. 2014 [citado em 15 mar 2019]; 22(3):422-8. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/enfermagemuerj/article/view/13769

Almeida Neto OP, Soares TAM, Ribeiro-Júnior AL, Cunha CM, Pedrosa LAK, Santana-Lima AD. Diagnósticos de enfermagem de pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida. Rev Med Minas Gerais. [Internet]. 2017 [citado em 24 jun 2019]; 27: 1-6. doi: 10.5935/2238-3182.20170074

Gomes ATL, Araújo JMN, Fernandes MICD; Vitor AF; Lira ALBC, Torres GV. Cuidados de enfermagem à pessoa com insuficiência cardíaca descompensada. Rev. Bras. Pesq. Saúde [Internet]. 2014 [citado em 10 abr 2019]; 16(2): 124-129. doi: https://doi.org/10.21722/rbps.v0i0.9295

Cavalcanti ACD, Pereira JMV. Diagnósticos de enfermagem de pacientes com insuficiência cardíaca: revisão integrativa. Online braz j nurs. [Internet]. 2014 [citado em 09 mar 2019]; 13 (1):113-125. Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/download/3916/pdf_68.

Pereira JMV, Flores PVP, Figueiredo LS, Arruda CS, Cassiano KM, Vieira GCA et al. Nursing Diagnoses of hospitalized patients with heart failure: a longitudinal study. Rev Esc Enferm USP. [Internet]. 2016 [citado em 12 jan 2019]; 50(6):929-936. doi: 10.1590/S0080-623420160000700008

NANDA Internacional Inc. Diagnósticos de Enfermagem da NANDA-I: definições e classificação 2018-2020 /[NANDA International]. Porto Alegre: Artmed. 2018.

Johnson M, Bulechek G, Butcher H, Dochterman JM, Maas M, Moorhead S, et al. Ligações entre NANDA-NIC-NOC, diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem. Porto Alegre: Artmed, 2009.

Silva LDC, Melo MVP, Rolim ILTP, Dias RS. Nursing interventions in patients of cardiac intensive care unit of a university hospital undergoing myocardial revascularization. J Manag Prim Health Care. 2018 [citado em 11 mai 2019]; 9:e12.

Ribeiro KRA, Gonçalves FAF, Borges MM, Loreto RGO, Amaral, MS. Postoperative Myocardial Revascularization: Possible diagnosis and nursing interventions. J. res.: fundam. care. online [Internet]. 2019 [citado em 02 ago 2019]; 11(3): 801-80. doi: 10.9789/2175-5361.2019.v11i3.801-808.

Pedrão TGG, Brunori EHFR, Santos ES, Bezerra A, Simonetti SH. Nursing diagnoses and interventions for cardiological patients in palliative care. Rev enferm UFPE on line., [Internet]. 2018 [citado em 18 jul 2019]; 12(11):3038-45. doi: 10.5205/1981-8963-v12i11a234933p3038-3045-2018.

Freitas KO, Torres RSC, Silva SED, Monteiro GO, Vasconcelos EV. Representações Sociais de Familiares de Pacientes em Unidades de Terapia Intensiva: Implicações no Cuidado de Si. Rev Fund Care Online [Internet]. 2019 [citado em 07 abr 2019]; 11(3):664-671. doi: 10.9789/2175-5361.2019.v11i3.664-671

Barp M, Carneiro VSM, Amaral KVA, Pagotto V, Malaquias SG. Cuidados de Enfermagem na prevenção do tromboembolismo venoso: revisão integrativa. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2018 [citado em 29 jun 2019]; 20:v20a14. doi: 10.5216/ree.v20.48735

Báo ACP, Amestoy SC, Moura GMSS, Trindade LL. Quality indicators: tools for the management of best practices in Health. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2019 [citado em 20 set 2019];72(2):360-6. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0479




DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v8i2.3899

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/