Licenciatura em Educação do Campo com Habilitação em Artes e Música: Trajetória e Desafios na Região do Bico do Papagaio, Brasil

Cícero da Silva, Cássia Ferreira Miranda, Maciel Cover, Marcus Facchin Bonilla, Ubiratan Francisco de Oliveira

Resumo


A expansão dos Cursos Superiores de Licenciatura em Educação do Campo no Brasil teve um salto significante com a abertura do Edital 02/2012 pelo Ministério da Educação (BRASIL, 2012). Com a finalidade de formar educadores do campo nas diversas comunidades rurais do país, entre eles, professores de escolas do campo, quilombolas, pescadores, ribeirinhos, assentados/acampados da reforma agrária e lideranças dos movimentos sociais do campo, cerca de 42 (quarenta e dois) cursos de Licenciatura em Educação do Campo estão sendo implantados desde 2013 em todas as regiões do país. Este artigo objetiva apresentar um painel de informações e experiências pedagógicas do curso de Licenciatura em Educação do Campo com habilitação em Artes e Música, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus de Tocantinópolis. O trabalho está dividido em três partes principais: o processo de constituição do Curso focalizado, a caracterização do mesmo, a descrição e reflexões sobre algumas das experiências pedagógicas desenvolvidas entre os anos de 2014 e 2015. Trata-se de um primeiro esforço de sistematização do grupo de docentes do curso e que compõem a pesquisa do Observatório da Educação do Campo – do Centro Transdisciplinar de Educação do Campo (CETEC), da Universidade de Brasília (UnB), cujo enfoque é a expansão dessa modalidade de ensino no Brasil.

Palavras-chave: Educação do Campo. Artes. Música.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v10i1.2186

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Triângulo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.