HISTORICIZANDO A FORMAÇÃO DOCENTE

Raniele Duarte Oliveira, Sandra Mara Dantas

Resumo


O presente artigo analisa a abordagem histórica na produção acadêmica a
respeito da formação docente. A formação de pesquisadores e professores não está
desvinculada das representações que estes carregam consigo, representações que, ao
serem apropriadas, desencadeiam práticas específicas. Estas, por sua vez, só podem ser
compreendidas na trajetória construída, conforme desenvolvido pelo historiador Roger
Chartier e, também, pelos educadores Maurice Tardif e Antonio Nóvoa ao afirmarem que os
saberes docentes são plurais visto que provêm de fontes sociais e de temporalidades
diversas. A investigação foi realizada pela seleção e análise de quatro dissertações do
Programa de Mestrado em Educação da Universidade de Uberaba. Na leitura e fichamento
das dissertações levantaram-se as concepções de homem, de mundo e de história que
norteiam o pesquisador. O estudo dos referenciais que fundamentaram o plano conduziu a
análise dos dados levantados, o desenvolvimento e a estruturação do texto final. O estudo
revelou que nas produções, os “modos de ver” e os “modos de fazer” das autoras se
articularam e influenciaram na construção das pesquisas. Houve uma preocupação em
estabelecer um diálogo entre os campos do saber e, especialmente, a história tem
importante papel, demonstrando que ao longo da vida dos pesquisadores há um contínuo
(re) fazer de representações e práticas para compreensão e intervenção no real.  
 
Palavras-chaves: Formação docente. Abordagem histórica. Representações e Práticas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v2i01.53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.