A ADOÇÃO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM CURSOS SUPERIORES PRESENCIAIS DA ÁREA DE COMPUTAÇÃO COMO INDUTORA DE UMA CULTURA COLABORATIVA NO IFTM

Autores

Palavras-chave:

Educação a Distância. Educação Superior. Gestão de Projetos de Curso.

Resumo

A lei que criou a Rede de Educação Profissional e Tecnológica orienta que exista interatividade entre as 41 instituições que a compõem, de modo que essas instituições devem se comportar, do ponto de vista de sua gestão, não como um agrupamento, mas em sua forma colaborativa e inter-relacional. Porém, o que impera é a pouca interação entre os campi do IFTM. Este trabalho se dedica a demonstrar essa interatividade reduzida, por meio de uma proposta de unificação de unidades curriculares presenciais em unidades curriculares ministradas a distância. A pesquisa provou suas três hipóteses: a unificação de oito disciplinas oferecidas, presencialmente, por uma única disciplina a distância é uma decisão institucional que libera docentes para atuarem em outros planejamentos; a pouca coordenação realizada pela reitoria nos estudos desenvolvidos em seus campi produz uma cultura institucional de pouca colaboração e interatividade entre cada campus do IFTM; e, para assegurar a interação colaborativa prevista na lei de criação dos institutos, a Pró-Reitoria de ensino do IFTM deveria mudar seu paradigma de mera certificadora de projetos de curso, para um de gestora de planejamento colaborativo desses projetos.

Biografia do Autor

Marco Antonio Maciel Pereira, Instituto Federal do Triângulo Mineiro

Possui graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pela Universidade de Uberaba (1992) e mestrado em Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2003). Possui Especializações em Análise de Sistemas, Desenvolvimento Java e Educação a Distância. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: aplicativo comercial, informática e educação, programação, engenharia de software e extensão.

Stenio Souza Marques, Universidade de Uberaba

Doutorando em Educação pela Universidade de Uberaba. Mestre em Educação pela Universidade de Uberaba (2017). Professor de Direito na Universidade de Uberaba nas disciplinas de Direito dos Contratos e Responsabilidade Civil, Estudos Integrados em Direito Privado e Processo I, Direito de Empresa II e Direito de Empresa III. Foi professor designado na Universidade do Estado de Minas Gerais (2016 a 2018). Foi Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da UEMG na gestão 2017 - 2018. Articulista. Especialista em Direito Processual Contemporâneo pela UNESP (2013). Especialista - MBA em Gestão e Finanças Empresariais pela Universidade Federal de Uberlândia (2013). Graduado em Direito pela FEIT UEMG (2010). Foi estagiário do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, com atuação nas curadorias da Infância e Juventude, Meio Ambiente, Idoso e Consumidor, no período de 2007 a 2010.

Richard Crisostomo Borges Maciel, Universidade de Uberaba

Bacharelado em Direito (2000), Graduação em Letras com habilitação em Português/Inglês(2004). É especialista em Docência Universitária (2006) e Mestre em Educação (2010). Doutorando em Educação (2017). Professor de Direito Processual Civil I e II, Direito Civil II e Ética Profissional. É advogado militante em Minas Gerais e demais Estados brasileiros, com ênfase em Direito Empresarial e pesquisador nas áreas de Direito e Educação. Membro julgador do TED da OAB/MG, triênio 2016 a 2018 e Conselheiro Seccional da OAB/MG de 2019 a 2021. Foi Coordenador da pós graduação Lato Sensu em Direito da Universidade de Uberaba. Atualmente é Coordenador do curso de Direito da Unibrasília - Faculdade Uberaba

Referências

ARETIO, Lorenzo García. Investigar para mejorar la calidad de la universidad. Madri: UNED, 1997. 607 p.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 5.800, de 08 de junho de 2006. Institui o Sistema Universidade Aberta da Brasil - UAB. D.O.U., Brasília, DF, 9 jun. 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5800.htm. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 7.589, de 26 de outubro de 2011. Institui a Rede e-Tec Brasil. D.O.U., Brasília, DF, 27 out. 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Decreto/D7589.htm. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Brasília, DF: MEC, 2020. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-376-de-3-de-abril-de-2020-251289119. Acesso em: 16 ago. 2021.

FERREIRA, Marcello; MILL, Daniel. Institucionalização da educação a distância no ensino superior público brasileiro: desafios e estratégias. In: FIDALGO, Fernando Selmar Rocha et al. [org.]. Educação a distância: meios, atores e processos. Belo Horizonte: CAED-UFMG, 2013. p. 228-243.

FILATRO, Andrea. DI 4.0: inovação em educação corporativa / Andrea Filatro; Carolina Costa Cavalcanti...[et al]. São Paulo: Saraiva Educação, 2019.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2007.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso superior de Tecnologia em Sistemas para Internet: 2015/1. Uberlândia, MG: IFTM, 2015. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php?src=111017112819_decretos_resolucao_no._79-2015_-_ppc_tecnologia_sistemas_internet_-_udi_centro_242681.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso de Licenciatura em Computação: 2017/1. Uberlândia, MG: IFTM, 2016. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php?src=130918211741_iftm_resolucao_34-2017_ppc_licenciatura_em_computacao.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 2018/1. Ituiutaba, MG: IFTM, 2017a. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php? src=090418150400_ppc-ads_2017.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 2017/1. Patrocínio, MG: IFTM, 2017b. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php? src=100918104217_ppc_ads_2017.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 2018/1. Paracatu, MG: IFTM, 2017c. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php?src=180918174651_resolucao_no_09_-_2018_-_revisao_e_atualizacao_ppc_tecnologia_em_ads_-_c.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso de Bacharelado em Ciência da Computação: 2019/1. Ituiutaba, MG: IFTM, 2018. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php?src=190819154115_ppc-cc-20191.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso de Bacharelado em Engenharia de Computação: 2020/1. Uberaba, MG: IFTM, 2019a. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php?src=090320235333_ppc_engcomp_2020.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Projeto pedagógico do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 2020/1. Uberaba, MG: IFTM, 2019b. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_anexo_cursos.php?src=100320101049_ppc_ads_2020.pdf. Acesso em: 12 ago. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO. Boletim de Serviço Extraordinário, Uberaba, n. 38, 2020. Uberaba, MG: IFTM, 2020. Disponível em: https://iftm.edu.br/visao/loader_boletins_servico_anexo.php? src=boletins_servico_bsextraordin%C3%A1rio%20n%C2%BA%2038-2020%20(in%2017)50152. pdf. Acesso em: 16 ago. 2021.

LAGARTO, José Reis. Inovação, TIC e sala de aula. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO, 5., Santa Maria, 2013. Anais [...]. Santa Maria, RS: Biblos Editora, 2013. ISBN 978-85-89174-76. p. 133-138. Tema: As novas tecnologias e os desafios para uma educação humanizadora. Disponível em: https://repositorio.ucp.pt/bitstream/10400.14/10560/1/Inov_TIC_sala_aula.pdf. Acesso em: 16 ago. 2021.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE; ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. OMS declara emergência de saúde pública de importância internacional por surto de novo coronavírus. Brasília, DF: OPAS/OMS, 2020. Disponível em: https://www.paho.org/pt/news/30-1-2020-who-declares-public-health-emergency-novel-coronavirus. Acesso em: 16 ago. 2021.

SILVA, Caetana Juracy Rezende. Institutos Federais Lei 11.892, de 29/12/2008: comentários e Reflexões. Brasília, DF: IFRN, 2009.

SOUSA, Jonilto Costa. Processo de inovação na gestão de sistemas de educação a distância: estudo de caso na Universidade de Brasília e da Universidade Aberta de Portugal. 2012. 305 f. Tese (Doutorado em Administração) -- Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2012. Disponível em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/10797/1/2012_%20 JoniltoCostaSousa.pdf. Acesso em: 16 ago. 2021.

VERGARA, Sylvia Constant. Estreitando relacionamentos na educação a distância. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 5, n. esp. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cebape/a/PFFvwGgygNxsTpKyp4wDgbg/?format=pdf&lang=pt. Acesso em 16. ago. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-21

Como Citar

PEREIRA, M. A. M.; MARQUES, S. S.; BORGES MACIEL, R. C. A ADOÇÃO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM CURSOS SUPERIORES PRESENCIAIS DA ÁREA DE COMPUTAÇÃO COMO INDUTORA DE UMA CULTURA COLABORATIVA NO IFTM. Revista Triângulo, Uberaba - MG, v. 14, n. 3, p. 123–141, 2021. Disponível em: https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5800. Acesso em: 17 jan. 2022.