VIOLÊNCIA CONTRA PROFESSORES EM COMUNIDADES DO ORKUT: A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFESSORAL

Autores

  • Morgana Soares da Silva Universidade Federal de Pernambuco/Doutoranda do PPGL

DOI:

https://doi.org/10.18554/ri.v5i2.251

Resumo

Resumo: Este estudo tem o objetivo de investigar as construções de identidades professorais veiculadas em textos e imagens divulgados em comunidades do Orkut por alunos que agridem professores. Metodologicamente, procedemos à análise qualitativa do material discursivo presente em uma comunidade virtual, corpus desta exposição. Teoricamente, fundamentamo-nos nos pressupostos da Análise Crítica do Discurso, representada por Fairclough (2001, 1997), e dos Estudos Culturais, representados por Bauman (2005); Hall (2002; 2000); Silva (2000) e Woodward (2000).

Palavras-chaves: identidade; discurso; redes sociais.

Biografia do Autor

Morgana Soares da Silva, Universidade Federal de Pernambuco/Doutoranda do PPGL

Possui mestrado em Linguística (UFPE 2008) e licenciatura em Letras (UFPE 2004.2). Atualmente, é doutoranda em Linguística pela UFPE e Professora Assistente do curso de Letras da UFRPE/UAG. Foi professora substituta do Curso de Letras (UFPE 2008-2009), supervisora de tutoria (UFPE 2009) e professora do Ensino Fundamental II de escolas particulares de Recife (2001 a 2007). Tem experiência na área da Linguística, com ênfase em Análise de Gêneros Textuais, Linguística Textual, Linguística Aplicada e Análise do Discurso; pesquisando sobre os temas: gêneros virtuais, hipertexto, texto publicitário, gêneros acadêmicos, produção textual, ensino de língua portuguesa, EaD e ethos.

Downloads

Publicado

2013-05-14