O sentido do jogo na Educação Infantil e no ensino fundamental: uma análise acerca da Base Nacional Comum Curricular

Claube Camile Soares Lima, João Francisco Magno Ribas, Raquel Valente de Oliveira

Resumo


Essa pesquisa objetivou identificar o sentido do Jogo disposto na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), na Educação Infantil e nos distintos componentes curriculares do Ensino Fundamental – anos iniciais e anos finais. Para isso, realizou-se uma análise documental, de caráter qualitativo, por meio da qual constatou-se que na Educação Infantil o Jogo é tido como eixo estruturante para o desenvolvimento das aprendizagens e habilidades das crianças, devendo ser trabalhado no decorrer de toda essa etapa de ensino. Já no Ensino Fundamental, dependendo do componente curricular, o mesmo apresenta-se como um conteúdo com fim em si mesmo, como na Educação Física e na Arte; como meio (metodologia) para ensinar os conteúdos específicos de cada disciplina, estando presente nas habilidades a serem por elas desenvolvidas (Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Geografia, História e Ensino Religioso); ou ainda encontra-se ausente, assim como na Matemática e nas Ciências. Desse modo, a cultura do Jogo, enquanto construção social, precisa ser vivenciada em um determinado tempo e espaço, levando em consideração sua importância no desenvolvimento do indivíduo durante a infância e a adolescência, ancorado por documentos de caráter educacional como a BNCC, na qual determina, norteia e orienta as práticas pedagógicas da Educação Básica.

Palavras-chave


Jogo. Base Nacional Comum Curricular. Educação Infantil. Ensino Fundamental.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: DF, 1996.

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018. Disponível em: .

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Proposta preliminar. Segunda versão. Brasília, 2016. Disponível em: .

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Proposta preliminar. Terceira versão. Brasília, 2017. Disponível em: .

HUIZINGA, J. Homo Ludens: o jogo como elemento da cultura. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 2007.

KUNZ, E. Brincar e Se-movimentar: tempos e espaços da vida da criança. Ijuí: Unijuí, 2017.

PIMENTEL, A. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 114, p. 179-195, 2001. ISSN 0100- 1574. Disponível em: .

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SÁ-SILVA, J. R.; ALMEIDA, C. D.; GUINDANI, J. F. Pesquisa Documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, Rio Grande, Ano I, n. 1, p. 01-15, 2009. ISSN 2175-3423. Disponível em: .

SILVA, W. R.; GUIMARÃES, E. V.; MEDEIROS, I. A. Construção de objetos de conhecimento para aulas de Língua Portuguesa na abordagem do letramento científico. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 18, n. 1, p. 159-191, 2018. ISSN 1984-6398. Disponível em: .

SOCZEK M. E. Os Jogos Cênicos de improvisação e a Escola. out. 2010. Disponível em: . Acesso em: 28 maio. 2018.

TEZANI, T. C. R. O jogo e os processos de aprendizagem e desenvolvimento: aspectos cognitivos e afetivos. Educação em Revista, Marília, v. 7, n. ½. p. 1-16, 2006. ISSN: 1518-7926. Disponível em: .




DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v0i0.3466

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Triângulo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.